ÚLTIMAS POSTAGENS:

Câmara de Vereadores de Tarauacá aprova Requerimento para investigar descumprimento do Calendário Escolar nas Unidades de Ensino da Zona Rural, de 2017


A Câmara de Vereadores de Tarauacá aprovou o Requerimento de N° 122/2017  que requere a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar e apurar as responsabilidades pelos descumprimentos do Calendário Escolar nas Unidades de Ensino da Zona Rural de Tarauacá, referente ao ano letivo de 2017. A proposta, de autoria do vereador Raquel de Sousa (PT) foi acolhida na sessão ordinária desta quarta-feira, 13, com a maioria dos votos a favor para instalar a Comissão de Investigação, que seria necessário apenas 1/3 dos votos.

Para Raquel de Sousa, essa investigação é necessária em razão das inúmeras reclamações que o mesmo vêm recebendo dos moradores e pais de alunos da Zona Rural, bem como, os professores, funcionários de apoio e transportadores, acerca das aulas na zona rural da cidade, que começaram bem mais tarde que o normal, em 20 maio deste ano. Ele calcula que de lá até o dia 30 de Novembro (dia do término das aulas) não há tempo suficiente para cumprir a carga horária.

 “Todos sabem que é obrigação da gestão garantir os 200 dias letivos de aulas. Em nenhum momento a Administração Municipal discutiu o calendário escolar com o Conselho Municipal de Educação, onde os mesmos foram desrespeitadas e os alunos da zona rural que estão pagando um alto preço.Saliento ainda, que solicitei um cronograma de aulas do Ano Letivo de 2017 e o mesmo veio com o término das aulas no dia 20 de Dezembro, e agora me deparo com escolas na zona rural que pararam em meados de Novembro...Isso é uma falta de compromisso com a Educação da nossa população da zona rural”, relatou indignado, o vereador Raquel de Sousa.

Assessoria de Comunicação da Câmara de Tarauacá

Compartilhar no Google Plus

Sobre Thamires soares

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook