ÚLTIMAS POSTAGENS:

VEREADORES DE TARAUACÁ PARALISAM CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA



Trabalhadores de diversas categorias, movimentos sociais, alunos e professores das redes estadual e municipal de Tarauacá realizaram, nesta sexta-feira (28), uma paralisação geral das atividades. O ato, de caráter nacional, tem o objetivo de manifestar contra a reforma da Previdência. As mudanças propostas, segundo o movimento, coordenado pelo o Vereador e Presidente do SINTEAC, Lauro Benigno, o vice-presidente, Eurico Paz e os servidores  João Maciel e Raimundo Brasil, prejudicam os trabalhadores, que vão perder os direitos já conquistados. 

                               


A mobilização começou às 8:30h, em frente a Câmara de Tarauacá, onde os trabalhadores fizeram pronunciamentos. Os parlamentares Antônio Araújo (PT), Lauro Benigno (PC do B), Raquel de Sousa (PT), Janaína Furtado (REDE), Radamés Leite (PSB) e o Presidente do Poder Legislativo, Carlos Tadeu (PC do B) participaram do ato, protestando contra a reforma da Previdência.













Os representantes do Poder Legislativo pediram a palavra, para expor o ponto de vista dos trabalhadores. Eles também apresentaram uma Carta Compromisso assinada por todos os parlamentares na sessão ordinária realizada no último dia 15 de Março e enviado a todos os parlamentares Federais, onde somente o Deputado Federal Moisés Diniz respondeu o documento enviado.
 

 
 
Educação Municipal 
 

O Diretor da Escola Municipal José Augusto de Araújo, Aderlândio França, representando todos os trabalhadores da Educação Municipal protestou contra a Reforma da Previdência. “É fundamental que os educadores vão às ruas mostrar força contra a reforma da previdência’’. 
 
 
SINTEAC

                   

O presidente do SINTEAC, Lauro Benigno enfatizou, durante sua fala, que a greve é a melhor maneira que os brasileiros encontraram para dizer não à reforma da Previdência. “O trabalhador precisa nesse momento dar resposta a toda essa tentativa de retirada de direitos. Toda essa tentativa dessa política golpista que se implantou no nosso País e agora está querendo prejudicar os trabalhadores e isso os trabalhadores não irão permitir, e assim como na nossa primeira paralisação, considerada a maior do Estado, hoje não será diferente, e a resposta nós estamos dando a altura, com mais um dia de muita luta”.
 


Poder Legislativo



O Presidente do Poder Legislativo, Carlos Tadeu (PC do B), mais uma vez foi ás ruas protestar contra a reforma da previdência ressaltando que não existe nada melhor do que a mobilização popular para direcionar as ações, afinal de contas, o legislativo olha muito para o que as ruas dizem e que é uma pena o Poder Executivo, na pessoa da Prefeita Marilete Vitorino até os dias de hoje ainda não ter se posicionada a respeito da reforma da Previdência. 


“Eu creio que para o bem de todos é importante que pelos menos os prédios públicos estivessem fechados, protestando junto com o Povo, contra a reforma da Previdência. Eu acho que a greve precisa ser tranquila, ela precisa ter a sua respeitabilidade no sentido de que seus direitos sejam respeitados. Agora, importante que exista a adesão, porque é uma greve que o trabalhador precisa ecoar o seu grito”,
finalizou o Presidente.  Mais fotos abaixo:

Vereador Radamés Leite (PSB)


 
Vereador Raquel de Sousa (PT)

Vereadora Janaína Furtado (REDE)
           









Assecom Câmara de Tarauacá

Fotos: Lucas Melo e Rans Doner
Compartilhar no Google Plus

Sobre Thamires soares

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook