ÚLTIMAS POSTAGENS:

LEI Nº 855/2015 QUE CONCEDE AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO A SERVIDORES EFETIVOS DA EDUCAÇÃO FOI PROMULGADA NA SESSÃO ONTEM


Vereadores em pé promulgando a Lei  Lei Nº 855/2015.  

Na Sessão de ontem (16), na Ordem do Dia foi votado o Projeto de Lei Nº 010/2015 que visa autorizar o Poder Executivo a conceder auxílio-alimentação aos servidores efetivos da Secretaria Municipal de Educação sendo aprovado e promulgado como Lei Nº 855/2015.  

PROPOSIÇÕES

Do Gabinete da Vereadora Maria José veio o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 059/2015 para que a Prefeitura através da Secretaria de Obras providencie 2 (duas), caixas de lixo para a rua principal do bairro Esperança. E ainda inclua no calendário de coleta de lixo, no mesmo bairro, 2 (duas) vezes na semana.

Do Gabinete do Vereador Valdor Ó veio o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 058/2015 para que a Prefeitura através da Secretaria de Obras providencie 5 (cinco), carradas de areia para o bairro de Ipepaconha, na rua em frente a casa do Tenente Valdir. 

DISCURSOS

O Vereador Valdor do Ó (PMDB), disse que apresentará na próxima Sessão o pedido de um barco para a comunidade do Acuraua para poderem transportar seus produtos. Criticou o uso do Estádio Naborzão para realização da Expo Tarauacá. Segundo ele, um Estádio que estava há 6 anos parado, não pode ter arquibancadas montadas para rodeio nem mesmo sobrepeso na grama que já não tem boa qualidade, caracterizando ali desperdício de dinheiro público. Finalizou afirmando que é um contraste ter dinheiro para pagar bandas de músicas de outros locais para tocar na Expo Tarauacá, mas não tem dinheiro para consertar os reatores que faz com que a ponte seja iluminada.

O Vereador Marlindo Pinheiro (PC do B), não entende do porque não se procurar outro lugar tipo o da Arena em Rio Branco para se realizar a Expo Tarauacá. Segundo ele, o  Estádio é somente para jogar futebol. Classificou como preocupante a manutenção dos ramais no município. Da mesma forma criticou a morosidade do Programa Luz para Todos que tem uma planilha de 2009 ainda sendo executada, portanto totalmente desatualizada. Não entende que tipo de parceria é essa entre a Prefeitura e o DERACRE já que a reabertura dos ramais está muito lenta podendo afetar todo um escoamento dos produtores rurais e tem informações que a Prefeitura não fornece combustível para as máquinas somente as disponibiliza. Finalizou explicando que em hipótese alguma é contra a classe de professores, mas não votou a favor da Lei porque já tinha dado sua palavra que não votaria mais Leis que chegassem para ser votada em 24hs.

O Vereador João Moreira (PSB), iniciou sua fala dizendo que achava que essa seria uma das melhores administrações que passaria por Tarauacá porque teria o apoio do Governo do Estado e Federal que são do mesmo partido, mas tem o desprazer de informar que essa é uma das piores que já passou por aqui, haja vista o fato de até hoje não termos Secretário de Agricultura, quem paga o preço maior são os pequenos agricultores que trazem alimento para a mesa de quem mora na região urbana porque ficam desassistidos. Denunciou que tem funcionário da Prefeitura doando terreno para pessoas que não precisam ao passo que tem pessoas morando com aluguel social, portanto disse que não aceita isso de jeito nenhum classificando isso como crime.  Falou que o Secretário de Promoção Social o enganou quando fez um sorteio de seis terrenos na sua frente e até hoje não entregou para os que necessitam. Da mesma forma que o Vereador Marlindo, o Vereador João Moreira explicou que em hipótese alguma é contra a classe de professores, mas não votou a favor da Lei porque já tinha dado sua palavra que não votaria mais Leis que chegassem para ser votada em 24hs.

Disse que pediu inúmeras vezes para que a Secretaria de Obras fizesse um pedaço de rua no bairro das Flores e não é atendido. Reclamou que assim como esses, outros pedidos que faz não são atendidos ou não têm respostas.

Lembrou que nunca fez um pedido para se beneficiar e sim para ajudar a população. Denunciou também que empresário que reformou escola na zona rural não recebeu o valor a que tem direito até o momento.

Para o Vereador Mirabor Leite (PMDB), Tarauacá teve a infelicidade de eleger uma pessoa despreparada para administrar. Reclamou que as pessoas têm que chegar de madrugada para pegar fichas para atendimento médico nos Postos de Saúdes. Diz que o problema dos ramais é uma vergonha e que para ele é de responsabilidade do Prefeito.  Pediu que a base de sustentação do Prefeito na Casa o cale com argumentos.

Quanto ao Estádio Naborzão disse que o Dr. Marlindo ofereceu a sua área para a Expo Tarauacá e não aceitaram. Reclamou da falta de segurança no Mercado Municipal onde houve roubos de botijão de gás de donos de Box. Tornou a falar da elevação da Rua João de Paiva afirmando que isso é uma irresponsabilidade, já que o inverno está chegando e o povo daquela região mais uma vez não tem como escapar da alagação. Finalizou afirmando que vai continuar cobrando as mil casas prometidas pelo Executivo e parabenizou pela exemplar postura do seu congênere o Vereador Marlindo.

O Vereador José Sidenir (PC do B), desafiou os colegas a mostrar uma Prefeitura que não tenha problemas. Afirma que mesmo com toda a crise que se avizinha, a Prefeitura de Tarauacá é uma das que mais constrói prédios atualmente. Quanto a denuncia do Vereador João Moreira, diz que vai averiguar se algum funcionário está doando terreno e caso afirmativo vai se posicionar terminantemente contra. Vai fiscalizar também quem tem boas condições de vida e está morando com aluguel social em casa de alvenaria como foi dito por seu colega Vereador na Tribuna. Por outro lado o Vereador Sidenir concorda com alguns congêneres que o Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno está sendo mal assessorado por alguns. Sidenir pediu ainda que os colegas oficializem os pedidos de reunião com o gestor municipal. 

O Vereador Nasso Kaxinawá (PSD), iniciou sua fala dizendo que a harmonia entre os colegas só trará benefícios a população taruacaense. Registrou para os colegas da plenária a OPTAR, uma organização fundada em 1992 que reúne os povos indígenas e tem o objetivo de representar os interesses políticos desses mesmos povos indígenas. Segundo ele, essa Associação deu bons frutos como, por exemplo, o direito a uma educação de qualidade, saúde e produção. Portando nos próximos dias 02 e 03 de outubro estarão realizando um assembleia geral para sua reorganização. O Vereador diz também que se preocupa com o Estádio Naborzão com a Expo Tarauacá sendo feita realizada local, por isso acha que a população deve ser consultada para dar sua opinião, afinal de contas é dinheiro público que está sendo investido lá.

O Vice-Presidente Vereador Lulu Neri (PROS), iniciou cobrando as Comissões para que se reúnam para tomar algumas decisões. Lembrou que setembro é um mês de festa e que se tem o tradicional Novenário de São Francisco e agora no calendário iniciando outubro a Expo Tarauacá, uma festa que vem se destacando no Estado acreano. O Vereador ainda parabenizou os Vereadores Manoel Monteiro e Valdor do Ó pela data natalícia nesse mês de setembro. 

Lulu Neri disse que é preciso mesmo cobrar a reabertura dos ramais cujos governos tanto Estadual como Federal estão deixando muito a desejar nesse sentido, pois nem o ramal do INCRA iniciou ainda sua abertura. Sobre a crise disse que a Presidente Dilma está cortando vários gastos para superar essa crise que assola o país. Portanto todos têm que dar sua parcela de contribuição pra ajudar a superar essa crise que interrompeu o crescimento do País desde a entrada FHC na presidência. 

O 1º Secretário Vereador Manoel Monteiro (PC do B), agradeceu pelas palavras do Vereador Valdor completando que não vale a pena as pessoas se ofenderem porque no futuro podem estar até do mesmo lado partidário. Apesar de também não concordar com o local em que será realizada a Expo Tarauacá, mas não vê atualmente outro lugar adequado para que a população tivesse acesso. Portanto tem que ser feita porque é uma festa que aquece a economia local.

Diz que vai responder as acusações com amostra de trabalhos executados pela atual administração, inclusive das Secretarias administradas pelo seu partido o PC do B. Voltou a pedir calma nesse momento lembrando que os problemas pessoais não podem afetar a harmonia no parlamento.


Ainda durante o Grande Expediente o Presidente Vereador Ezi Aragão (PT), suspendeu a Sessão para as Comissões se reunirem para dar os pareceres a respeito do Projeto de Lei Nº 010/2015 que visa autorizar o Poder Executivo a conceder auxílio-alimentação aos servidores efetivos da Secretaria Municipal de educação.


A Vereadora Maria José (PSD), nas Explicações Pessoais agradeceu seus congêneres pela aprovação de seu Pedido de Providência. Parabenizou os congêneres pela boa harmonia restaurada na plenária da Casa. 



 Assecom 
Compartilhar no Google Plus

Sobre Câmara de Tarauacá

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook