ÚLTIMAS POSTAGENS:

ALUGUEL, ÔNIBUS E CONCURSADOS FORAM OS PRINCIPAIS ASSUNTOS DEBATIDOS ESSA SEMANA NA CASA


Na Sessão Ordinária de ontem (18), após a Leitura da Ata, os Vereadores deram os parabéns ao seu congênere, o Vereador e líder do Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno na Câmara José Sidenir, pela passagem de seu aniversário. Os Vereadores falaram também cada um com sua visão sobre a crise político-econômica que atravessa o país. 

Logo após foi lida as Proposições conforme a seguir:

Do Gabinete do Vereador Sidenir partiu o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 019/2015 para que a Prefeitura firme novamente o Acordo de Cooperação Técnica com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Acre e envie um servidor para fazer o treinamento da implantação de CTPS digitalizada.

Do Gabinete do Vereador Mirabor a INDICAÇÃO Nº 008/2015 para que durante as Ações de Saúde no rio Muru seja feito um atendimento na sede do Bom Futuro. 

Do Gabinete do Vereador Vador do Ó o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº 018/2015 para que a Prefeitura através da Secretaria Municipal de Obras realize uma operação tapa buraco e reabertura de uma vala na Rua Lauriete Borges. 

Do Gabinete do Vereador João Moreira o REQUERIMENTO Nº 006/2015 solicitando:

- Relação contendo nome, quantidade e endereço das pessoas que estão sendo beneficiadas por aluguéis sociais;
- Relação contendo nome, quantidade e endereço das pessoas que foram contempladas com doação de terras, relacionadas principalmente as terras do Sr. Tião Lessa. Como também a quantidade de lotes que faltam ser doados.

O Vereador Marlindo Pinheiro falou do prejuízo dos trabalhadores rurais devido às últimas cheias dos rios e igarapés que inclusive vai atingir a cidade já que a produção caiu, e espera que o poder público de uma alternativa para esses produtores. O Vereador acredita que o prejuízo atinge milhões de reais. Cobrou um gestor para a pasta da Agricultura que ainda está sem nomeação para que se comece a traçar objetivos. Sobre a corrupção que está na mídia, lembrou duas coisas, a primeira é que Tarauacá já foi muito atingida por corrupções em governos anteriores, e a segunda é que as pessoas continuam confundindo o papel do Vereador afirmando que Vereador não pode tapar buracos. 

Reconheceu a luta contra a burocracia enfrentada e vencida pelo Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno atitude essa nunca vista antes por gestores anteriores, principalmente colocando a Prefeitura Municipal adimplente, mas o Vereador Marlindo diz que o maior problema do Prefeito ainda é a centralização de poder.

O Vereador Valdor do Ó falou inclusive do envolvimento do seu partido o PMDB nos últimos escândalos de Brasília, lamentando que essa corrupção reinante está atingindo todas as classes sociais com aumento de tudo por causa do aumento da inflação, e com isso espera que a justiça seja feita. Cobrou do município um apoio no transporte para as pessoas carentes que tem que ir ao hospital e não tem condições de pagar R$20,00 para ir de táxi. Finalizou cobrando os tratores que estão expostos ao relento, portanto, se estragando, ao passo que poderiam pedir autorização a Câmara para se fazer um leilão.

O Vereador João Moreira agradeceu aos colegas terem aprovado o REQUERIMENTO Nº 006/2015 porque em posse desse documento vai conseguir saber para onde está indo o dinheiro que vem para pagamento dos aluguéis sociais. Para isso vai fazer um levantamento in loco para depois solicitar a vinda do Secretário de Ação Social na Câmara para dar algumas explicações. O Vereador disse que tomou conhecimento que os terrenos que a Prefeitura comprou do senhor Tião Lessa sete casas já foram vendidas, o que ele considera grave e pediu providência aos outros Vereadores em relação a isso. Finalizou parabenizando o Prefeito por ter deixado a prefeitura adimplente, mas não concorda quando se diz que há uma crise no município já que o Prefeito alugou um pequeno espaço por R$ 1.576,00 o que não condiz com uma administração em crise, e para isso pediu que a Casa pedisse uma investigação ao MP.

O Vereador Mirabor Leite iniciou sua fala dizendo estar envergonhado pela crise política e pela onda de corrupção que assola o país, incluindo até seu partido, mas deixou bem claro que não se filiou ao PMDB de Renan Calleiros e Eduardo da Cunha, ele diz ser do PMDB de Ulisses Guimarães, Tancredo Neves, Pedro Simon, Nabor Júnior e de Américo Figueiredo. O que mais impressiona o Vereador é que o PT o partido que se dizia a imagem da moralidade, da honestidade e de combate a corrupção se transformou no pior partido da história desse país tornando-se pior que tudo aquilo que ele combatia.

Diz não ver corrupção na Gestão do Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno, mas o vê despreparado para assumir tal empreitada.

O Vereador Nasso Kaxinawá justificou sua ausência por ter ido à terra Indígena do Carapanã, para fechamento dos campeonatos de futebol indígena. Acompanhou também os trabalhos da saúde itinerante parabenizando a iniciativa do Executivo, pois essa ação coopera em muito para a saúde da população que vive no meio rural e, portanto com dificuldades de acesso a um tratamento de saúde. Cobrou um calendário de operação tapa buraco e pediu que os investimentos fossem bem pensados devido ao pouco dinheiro que está vindo devido à crise. Sobre o aluguel que tratou o Vereador João Moreira, disse achar caro para um espaço tão pequeno. Disse também ter se arrependido de ter votado na Presidente Dilma e cobrou prisão para os políticos corruptos envolvidos na operação lava-jato sendo que só um teve 700 milhões depositados em uma conta no exterior. Finalizou pedindo a desapropriação de terras em volta da cidade porque já se sabe para que lado a cidade deve que crescer.

A Vereadora Janaína Furtado trouxe a Casa à preocupação de não ter Defensor Público no município desde novembro do ano passado. A Vereadora foi procurada por pais de portadores de deficiência física pedindo sua intervenção para arrumar transporte para seus filhos irem ao hospital Dr. Sansão Gomes fazer tratamento fisioterápico. Nesse interem, elogiou os Secretários das pastas da Saúde e Ação Social, Carlos e Príncipe, respectivamente porque os convidou para a reunião e foi prontamente atendida. Em relação ao debate sobre o aluguel pago pela Prefeitura Municipal para um espaço exíguo concorda que o valor é exagerado, mas discorda de que tenha que ir ao Ministério Público porque em sua opinião a Câmara pode tomar providências em ralação a isso, caso contrário, ai sim, a Casa deve procurar o MP, como ela fará em relação aos ônibus escolares que não estão tendo o devido cuidado pelo poder público. Finalizou dizendo que não abre mão de ver resolvido o mais rápido possível o problema dos concursados que até hoje não foram admitidos.

O Vereador Sidenir atribui o pedido de impeachment da Presidente Dilma aos partidos de oposição com incentivo da TV Globo. Diz ser lamentável o Governador Tião Viana e o Senador Gladson Cameli aparecerem envolvidos na operação Lava-Jato, mas cabe a justiça julgar se isso procede ou não. O Vereador Sidenir não concorda com algumas atitudes do Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno, mas admite também que ele é um dos Prefeitos que mais trabalha. Salientou que não há caso de corrupção nessa administração, mas culpa a equipe do Prefeito por alguns problemas que passa a administração municipal. Anunciou a construção de 1000 casas populares para os moradores em áreas de risco. Finalizou pedindo que ao criticarem trouxessem também juntamente, soluções plausíveis.

O Vereador e Primeiro Secretário da Casa, Manoel Monteiro atribui a grande incidência de chuva aos problemas que passam a população urbana e rural do município, afirmando que nunca se choveu tanto no município. Parabenizou o Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno pelas obras na zona rural principalmente na área da Educação com e novos pólos escolares, e o Secretário de Saúde Carlos pelas ações de saúde também na zona rural ainda em curso.

O Vereador Lulu Neri disse que apesar dos avanços sociais através de programas, ele e seu partido o PROS não aceitam o que está acontecendo hoje no país em relação à corrupção. Falou da aprovação do orçamento nacional para 2015 que assistiu pela TV, onde teve muito debate a respeito da atual situação econômica que passa o país. Falou também sobre as emendas parlamentares na ordem de 10 milhões que não podem ser enviadas para algumas prefeituras por estarem inadimplentes. Elogiou o Prefeito por ir atrás de recursos para o município, mas reclamou da falta de liberdade que tem o secretariado na atual gestão municipal, lembrando que somente o Secretário Carlos da saúde goza de certa autonomia, e ainda citou como exemplo, o Secretário de Educação, Moço que não sabe informar o que os Vereadores querem. Ficou contente em saber que foi liberado 1 milhão de reais para o município para ajudar nas despesas das enchentes. Finalizou lembrando que o Prefeito Municipal Dr. Rodrigo Damasceno precisa ouvir mais os Vereadores.

Assecom
Compartilhar no Google Plus

Sobre Câmara de Tarauacá

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook