ÚLTIMAS POSTAGENS:

SESSÃO ORDINÁRIA DE ONTEM (25) COM MUITOS PEDIDOS DOS VEREADORES

Na Sessão de ontem (25), O Vereador Marlindo (PC do B), fez 3(três) Pedidos de Providência; uma Indicação e um Requerimento, aos quais identificou como de suma importância, já que mexe com vidas, são eles: 

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº. 12/2014 Para que a Prefeitura através da Secretaria de Obras realize a recuperação da rua principal do Bairro Ipepaconha com caráter de urgência.  

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº  13/2014
Para que seja feito 04 (quatro) quebra- molas na Rua Epaminondas Jácome, sendo 01 em frente à DISTAK, 01 em frente o Ginásio de Esporte, 01 em frente o Mercantil do Gilson Guimarães e outro em frente ao antigo  Mercantil Central.

E o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº  14/2014
Para que seja feito rampas nas calçadas da Avenida Tancredo Neves, sendo da Escola José Augusto de Araújo em direção ao Bairro Novo.

E a INDICAÇÃO Nº 12/2014 para que seja feita a indenização de dois terrenos ao lado do terreno do senhor Cuca, localizado na Rua Capitão Hipólito para servir como passagem da Rua Eldo Borges.

Finalizou os pedidos fazendo o REQUERIMENTO Nº 08/2014
para que se envie a esta Casa Legislativa a relação de todos os funcionários de apoio efetivo e provisório do município.

Em sua fala agradeceu aos colegas as aprovações dos requerimentos propostos. Chamou a atenção para o rumo que a política no Brasil está tomando. Criticou os Direitos Humanos que hoje dá mais valor ao bandido do que a família que sofre com atos violentos.

O Vereador Roberto Freire fez o REQUERIMENTO Nº 07/14 Reiterando o Requerimento n°03/2014. Que seja encaminhado a esta Casa Legislativa, relação completa do pessoal que trabalhou durante as Ações de Saúde na Zona Rural, nos exercícios de 2013 e 2014, contendo em separado, relação de médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos e outras funções aqui não citadas, por Ação de Saúde. Contendo também, o valor gasto em cada Ação.

O Vereador Mirabor Leite cobrou um projeto do Executivo para o setor produtivo municipal e para o empresariado. Reclamou muito da proibição dos caminhões de entrarem na cidade afirmando que isso fere a lei de ir e vir que reza na Constituição Federal afetando sobremaneira os empresários aumentando seus custos que tem que ser repassado para a população. Lembrou que a classe empresarial que sustenta grande parte da população. Afirmou que 90% das escolas da zona rural estão em péssimo estado de conservação, afirmou ainda que é tremendamente difícil alguém aprender algo com esse  tipo de ensino multisseriado.

O Vereador Lulu Neri fez o PEDIDO DE PROVIDÊNCIA Nº. 11/2014, para que a Prefeitura através da Secretaria Municipal de Obras faça uma vala no Beco do Calango, no Bairro Luis Madeiro. Em sua fala concordou com seus congêneres sobre a cobrança que tem que ser feita ao Executivo Municipal, citou como exemplo a falta de carne no mercado municipal que já estava a cinco meses sem aparecer, mas após uma reunião com os produtores o problema foi resolvido.

Em relação à operação tapa buracos disse que estão em andamento os reparos pela Secretaria Municipal de Obras, mas as tarefas mais difíceis tem-se que esperar a estiagem. 

Disse que foi a Rio Branco para resolver problemas do município, visitou o ITERACRE e SEDENS Secretaria de Estado de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis com o Secretário Edvaldo Magalhães onde foram resolver problemas das escrituras dos terrenos para liberação, por exemplo, da construção de Postos de saúde e uma pólo educacional na comunidade da Capela com emenda do Deputado Flaviano Melo e também outra na comunidade Paraíso no Seringal Porto Marques do Sr. Geraldo Dias.

Jesus Sérgio falou que a administração atual está deixando muito a desejar no sentido de obras mal feitas e escolas da zona rural em más condições, citou como exemplo uma na região do Gregório onde os pais não mandam seus filhos pelas péssimas condições físicas da escola. Reclamou da falta de respeito da administração com essa Casa. O Vereador disse: “Se todas as esferas de Governo querem governar através de decretos, acabou a democracia”. No final mostrou que a Administração Municipal está usando a Kampa para fazer viagens, a Kampa é uma das empresas envolvida no escândalo do TFD com suspeita de desvio de milhões de reais.

O Vereador Nasso Kaxinawá concorda com o Vereador Jesus no sentido de que a Casa poderia ter produzido mais. Falou que a coordenadoria indígena é indispensável para o desenvolvimento sustentável das aldeias. Pediu para que se resolva logo a entrada dos caminhões na cidade em comum acordo coma a Câmara de Tarauacá. Pediu também mais divulgação das preposições dos Vereadores pelo Executivo Municipal.

O Vereador Sidenir participou da entrega para os produtores rurais na adesão ao Programa de Certificação de propriedades onde técnicos do Governo estiveram fazendo visitas nas propriedades, além de ganhar R$ 500,00 de bônus. No total foram 76 proprietários contemplados. Parabenizou o Governador Tião Viana pela atenção dada aos pequenos agricultores, atenção essa que julgou especial até dentro da própria Frente Popular.

Assecom
Compartilhar no Google Plus

Sobre Câmara de Tarauacá

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook