ÚLTIMAS POSTAGENS:

VEREADORA JANAÍNA CONHECE SETOR DE ZOONOSE DE RIO BRANCO E QUER TRAZER EXPERIÊNCIA PARA TARAUACÁ


Em viagem recente a Rio Branco com a família, a Vereadora Janaina Furtado da Rede Sustentabilidade, aproveitou para visitar e conhecer a estrutura e o funcionamento do Centro de Controle de Zoonoses da prefeitura da capital, que tem como diretor médico veterinário tarauacaense Everton Arruda.

                
O órgão tem como função, recolher animais que estão abandonados nas ruas que possam transmitir doenças para as pessoas. Depois de tratados, alimentados, cuidados, esses animais são disponibilizados para adoção. Uma política ambiental de responsabilidade da secretaria municipal de saúde.



"Fui conhecer para tentar trazer essa experiência aqui para Tarauacá essa política de saúde publica e ambientalmente correta. Já temos muitos animais abandonados vivendo nas nossas ruas e que podem estar transmitindo inúmeros doenças (zoonoses) para as pessoas. É uma estrutura que precisa de espaço físicos e profissionais da área de veterinária. além de outras", relatou a vereadora.


Em Tarauacá existe apenas um canil municipal, que funciona precariamente, cujo objetivo é apenas abrigar os cães apreendidos nas ruas. Uma espécie de prisão dos animais. "Tenho conversado com profissionais veterinários e vou sentar com a prefeita Marilete Vitorino, Secretária Municipal de Saúde Meirivânia Daniel, para que juntos possamos buscar as condições que possa viabilizar a implementação desse projeto", concluiu Janaina.


Zoonose é um termo da medicina que designa as doenças e infecções transmitidas para o homem através dos animais. É uma palavra de origem grega formada por “zoo”, que significa "animal" e “noso”, que significa "doença".

As zoonoses são transmitidas pelos animais através de vírus, bactérias, fungos, protozoários e outros microorganismos diversos. A peste, carbúnculo, psitacose, triquinose e ornitose são exemplos de algumas zoonoses. 

As zoonoses mais comuns são:

Toxoplasmose (transmitida principalmente pelos felinos que são hospedeiros definitivos do protozoário da doença);

Leptospirose (muito comum em época de chuvas porque é transmitida através do contato com a pele ou pela ingestão de alimentos contaminados com a bactéria);

Raiva (doença provocada por vírus e transmitida através da mordida de um animal contaminado);
Dengue (transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti);

Histoplasmose (os fungos presentes em fezes secas de passarinhos, pombos ou morcegos são causadores dessa doença).

Das diversas zoonoses existentes, não são tão comuns nos seres humanos como nos animais e muitas vezes os casos de pessoas infetadas não são relatados. Há outras zoonoses que, de forma contrária, são menos comuns nos animais, no entanto são muito graves para a saúde humana, por exemplo, Brucelose, Hidatidose, Febre Q. Doenças como Raiva ou Tuberculose bovina são igualmente graves para o animal e para o homem.

Zoonoses como a tuberculose e brucelose bovina e bubalina e em animais produtores de leite são de notificação obrigatória por parte das entidades responsáveis (profissionais de saúde, por exemplo).

A Saúde Pública Veterinária é a área responsável pela criação de medidas de controle e combate de zoonoses.

Assessoria Parlamentar
Vereadora Janaína Furtado
Rede Sustentabilidade
Compartilhar no Google Plus

Sobre Thamires soares

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook