ÚLTIMAS POSTAGENS:

VEREADORES RETORNAM ÀS SESSÕES APÓS RECESSO LEGISLATIVO



No retorno às Sessões Ordinárias, com o fim do recesso parlamentar, o Presidente Vereador Ezi Aragão (PT),  abriu a Sessão de hoje (03), passando para o Pequeno Expediente onde foi lida a Ata da Sessão anterior e também foram lidas as respostas do Executivo solicitadas pelos Vereadores que enviaram Indicações, Pedidos de Providência, Requerimentos etc, antes de entrarem em recesso legislativo. Além do pedido de uma Sessão Solene pelo Dia do Estudante solicitada pelo Executivo Municipal ainda tivemos a votação para entrada em apreciação do Projeto de Lei Nº 018/2016 que Autoriza o Poder Executivo a incluir projeto no PPA 2013/2017 e LDO 2016, e abrir um crédito suplementar na LOA 2016 no valor de R$ 30.000,00 (Trinta mil reais), para fins de incentivo em forma de contribuição aos produtores de borracha nativa, folha defumada líquida – FDL e Cernambi virgem prensado – CVP, aprovado por unanimidade. 

No Grande Expediente durante suas falas, os Vereadores teceram comentários sobre algumas alianças já pré definidas para apoio aos que querem chegar ao Executivo Municipal. Os Vereadores também desejaram sorte uns aos outros para o pleito que se aproxima e que retornem às suas respectivas cadeiras para o mandato do quadriênio 2017/2020. Concernente a isso a Vereadora Maria José (PT), pediu cuidado com brigas entre os Vereadores durante a próxima campanha eleitoral, alegando que isso só beneficiará os novos candidatos que desejam falar na Tribuna da Casa.

Os Vereadores de oposição fizeram algumas denúncias na Tribuna, como por exemplo, o atraso de salário para os servidores terceirizados de no mínimo 3 meses, suspeita de favorecimento na venda de carne no Mercado Municipal, e também crime de peculato já que também há suspeitas que estão usando carros públicos para fins eleitoreiros.

Sobre o Projeto de Lei Nº 018/2016 os Vereadores de oposição foram unânimes em afirmar que é também para fins eleitoreiros, já que há anos o mesmo estava parado.
O Vereador Nasso Kaxinawá (PC do B), leu um pouco sobre a História do Brasil e os índios inseridos nesse contexto chamando a atenção para a morte de índios e corte de programas sociais como o bolsa família por causa do novo governo interino do Presidente Temer, o que foi rebatido veementemente pelo Vereador Mirabor Leite dando como exemplo o aumento do bolsa família que a Presidente Dilma queria dar de 7% sendo que o Presidente temer aumentou em 12%. 

A Vereadora Janaína Furtado (Rede), pediu que os Vereadores não se esquecessem de cumprir com seus mandatos mesmo em período eleitoral, haja vista que os problemas das comunidades não vão parar por causa do processo eleitoral.

Já a situação parabenizou o Vereador Mirabor Leite pela inserção de uma terceira via no processo eleitoral que virá, dando assim mais oportunidade de escolha para o eleitor. Foi muito criticado pela bancada o aumento da violência no município, principalmente a violência contra a mulher.
Já o Vice-Presidente Vereador Lulu Neri (PT), disse que vai anunciar na semana que vem algo em relação ao seu mandato.

Reginaldo Palazzo/Assecom
Compartilhar no Google Plus

Sobre Câmara de Tarauacá

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook