ÚLTIMAS POSTAGENS:

SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 17/02/2016


Na Sessão de hoje presidida pelo Vereador Ezi Aragão, foram apresentadas cinco proposições, mas somente três foram aprovados. As proposições do Vereador Marlindo Pinheiro foram rejeitadas pelos Vereadores de  situação. 


Foram elas:
Do Gabinete do Vereador Marlindo Pinheiro veio o que segue:
- Requerimento Nº 005/2016 para que envie a esta Casa Legislativa cópia de contratos de funcionários provisórios e terceirizados do município.

Rejeitado com 5 votos contra e 2 a favor.

- Requerimento Nº 006/2016 para que envie a esta Casa Legislativa cópia de contratos pagos as empresas que prestaram serviço para a Prefeitura nos anos de 2013, 2014 e 2015. 

Também rejeitado com 5 votos contra e 2 a favor

Do Gabinete da Vereadora Janaína Furtado veio a Indicação Nº 003/2016 para que a Prefeitura através da Secretaria de Obras disponibilize uma Lombada (redutor de velocidade) Rua Justiniano de Serpa. Ainda do Gabinete da Vereadora Janaína Furtado veio a Indicação Nº 005/2016 para que a Prefeitura disponibilize vagas no edital do Concurso Público da Saúde para profissionais fisioterapeutas.

Do Gabinete do Vereador Lulu Neri veio a Indicação Nº 004/2016 para que o nome da Escola Pólo que está sendo construída no bairro do Ipepaconha, receba o nome do garoto Antônio Ricardo Moura Damasceno.

E por fim do Gabinete do Vereador José Sidenir o Pedido de Providência Nº 009/2016 para que a Prefeitura através da Secretaria de Obras construa parada de ônibus nas comunidades Acuraua; Maracanã e Tauari, localizados na BR-364 sentido Tarauacá Cruzeiro do Sul.

O Vereador Marlindo Pinheiro (PP), mesmo sabendo que é um direito dos colegas votarem contra seus requerimentos, disse que a população tarauacaense vai ficar sabendo dessa votação hoje na Câmara, porque em sua opinião, isso impede seu papel fiscalizador e que com essa atitude a administração demonstra que não quer que os Vereadores tenham acesso a tudo. Suspeitando ele, diante disso, que realmente há algo que não queiram que venha a público, mas que agora recorrerá ao Ministério Público.

Sobre seu requerimento de ontem para fiscalizar o combustível, disse que o mesmo criou um mal estar e por isso as bancadas que apoiam o Prefeito hoje votaram contra seus pedidos. Acrescentou que não defende mais o atual governo porque o mesmo se desvirtuou de suas promessas de campanha.

Finalizou parabenizando o Senador Gladson Cameli que mais uma vez alocou recursos para Tarauacá, dessa vez para pavimentação de ruas e que a população tarauacaense vai poder ter contato com ele no próximo dia 26/02.

O 1º Secretário Vereador Manoel Monteiro (PC do B), disse que ninguém é obrigado a votar em proposições de ninguém, e isso não denigre a imagem da Casa, haja vista estarem amparados por Lei para fazer isso. 

Refuta a idéia de que todo Vereador é corrupto porque as pessoas não entendem o papel do Vereador e por isso confundem as coisas, mas está com sua consciência limpa. 

Finalizou dizendo que em outras épocas a essa altura outros Prefeitos já estavam muito enrolados com a justiça, o que não é o caso agora.

O Vice-Presidente Vereador Lulu Neri (PT), disse que votar por bancada é um direito que eles têm, por isso não vê nada de anormal porque faz parte do processo democrático e, portanto do Legislativo.

Falou do atendimento de saúde que vai ser feito a partir de hoje no Rio Muru, uma ação com médicos, enfermeiros, dentistas que pode até salvar uma vida, por isso acredita ser imprescindível para a população ribeirinha. 

O Vereador sabe que ainda há muita coisa para fazer e acertar, mas sabe também que muita coisa já foi feita, prova isso Tarauacá só perder para Rio Branco.

Quanto às acusações de corrupção diz serem infundadas, já que são constantemente fiscalizados pelo TCE - Tribunal de Contas do Estado.

O Vereador Nasso Kaxinawá (PC do B), disse que apesar de não ter nada contra, se absteve de votar a favor de colocar o nome do menino Ricardo na escola no Bairro do Epapaconha devido não existir nenhum nome que lembre algum Indígena dentro da cidade e que a partir de agora vai propor nomes indígenas também.

Sobre seu voto contra o requerimento do Vereador Marlindo Pinheiro, disse que está aqui pra trabalhar, mas que não é obrigado a votar em tudo que os colegas pedem, pois cada um tem sua visão e seu entendimento.

Mediante isso afirma que os Vereadores têm que zelar por Tarauacá porque somos filhos dessa terra.

Comunicou que vai subir junto com o Barco para acompanhar a ação de saúde no rio Muru, até o Humaitá.

A Vereadora Janaína Furtado (Rede), disse que é um desejo antigo das famílias tarauacaenses que têm deficientes físicos em seus lares o acompanhamento de um fisioterapeuta. 

A Vereadora mostrou-se satisfeita com a atitude do Governo Municipal em relação aos concursos públicos disponibilizados a população, mas diante desse constante anseio da população, fez o pedido que foi aprovado na Casa para que se inclua esse profissional no próximo concurso público que será realizado.

O Vereador João Moreira (PP), também disse não ter nada contra o nome do menino Ricardo na escola, mas a galeria ao lado do posto do empresário e seu pai, já têm o nome do filho do citado empresário, por isso sua abstenção.

Disse que o requerimento do seu colega Marlindo Pinheiro não é pra prejudicar o Prefeito, muito pelo contrário, muito pelo contrário, seria para sanar qualquer dúvida, mas agora, afirmou o Vereador, é que, se o pedido não passou, é porque tem algo realmente errado. Sobre esse assunto acrescentou ainda, que existem várias pessoas que não receberam suas carteiras de trabalho de volta.

João Moreira atribui isso tudo ao ano político que entramos, mas afirma que vai trabalhar para o povo e não para Prefeito nenhum porque é na população que eles tem que se preocupar, e fugindo das necessidades do povo ele sempre será contra.

O Vereador José Sidenir (PC do B) e Líder do governo na Câmara, repudiou a fala dos colegas que chamaram os Vereadores de situação de manipulados. Completou ainda afirmando que a Casa não pode perder a ética e o respeito.

Quanto ao requerimento do Vereador Marlindo disse que esse requerimento já foi apresentado e que o próprio vereador disse que já estava no Ministério Público, portanto, não viu necessidade dele ser apresentado novamente.

Repudiou também o que se falou sobre os recursos das reformas das escolas que tiveram desvios de finalidade. Segundo ele o Vereador que falou que os recursos “viraram alma” está totalmente desinformado. Afirmou que várias escolas foram construídas e reformadas. 
O Vereador José Sidenir atribui essa questão toda, a pessoas que não gostam de ver o governo trabalhando, mas infelizmente esse ano de 2016 vão ver muito trabalho.

Finalizou dizendo que se sente muito tranquilo em defender uma administração que não tem processo de corrupção em sua trajetória.

A Vereadora Maria José (PT), lembrou da contribuição do Sr. Dezim para a sociedade tarauacaense, diz que estava abandonado, mas agora encontra-se em Rio Branco aos cuidados da família.

A Vereadora disse que não é muito afeita ao discurso, apesar de admirar quem o faça, mas afirmou ela que cada um tem sua forma de ser. Disse que não fará o jogo político errado mesmo que tenha que perder a eleição.

Falou que recebeu uma reclamação em que o Coordenador do Mercado Municipal não estava disponibilizando água para a população. Diante disso pediu ao Prefeito que disponibilizasse água para a população que estava dependendo da água do rio para beber e foi prontamente atendida.

Sobre as candidaturas de Secretários Municipais a Vereadora disse que isso não afeta seu mandato, mas que pediu uma reunião com o Prefeito para tratar disso, já que pode haver a possibilidade de estarem usando dinheiro público para esse fim.

Palazzo/Assecom
Compartilhar no Google Plus

Sobre Câmara de Tarauacá

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook