ÚLTIMAS POSTAGENS:

SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 10/06/2015


Na Sessão de hoje (10), foram muitos os agradecimentos pela decisão da Mesa Diretora em reestruturar os gabinetes dos Vereadores com a compra de novos equipamentos de última geração na área da informática, escrivaninhas e nichos para colocar documentos.


O Presidente da Casa, Vereador Ezi Aragão, comunicou a todos os presentes, que semana que vem não haverá Sessões, já que os Vereadores irão viajar para um Encontro de Vereadores  que também contará com a participação do Ministério Público  e do TCE – Tribunal de Contas do Estado. No evento acontecerá a formação da Associação das Câmaras Municipais do Estado do Acre, cuja associação inclusive Ezi Aragão é candidato a Presidente. Será 225 Vereadores de todo o estado que estarão participando e votando para a criação dessa Associação.

Somente houve uma Proposição advinda do Gabinete do Vereador Valdor do Ó com o Requerimento Nº 011/2015, para que seja encaminhado a esta Casa Legislativa a programação de recuperação e abertura de ramais para 2015.

O Presidente Ezi Aragão ainda em cumprimento de sua agenda, tem uma reunião marcada com o Reitor da UFAC o senhor Minoru Kimpara para tratar do concurso público para a Câmara Municipal de Tarauacá, o qual tem intenção de realizar antes do fim do seu mandato, mas antes também vai trabalhar para reformular o Plano de Cargos e Salários dos servidores desta Casa, porque tem a opinião de que o mesmo precisa de algumas adequações.

O Vereador Marlindo Pinheiro iniciou os discursos do dia falando da reabertura dos ramais. Inicialmente de responsabilidade do município, porém, há anos que o Governo do Estado assumiu essa responsabilidade porque não havia máquinas. Agora a Prefeitura já se adiantou e em parceria com o DERACRE vai disponibilizar uma retroescavadeira, uma motoniveladora e duas caçambas para ajudar no escoamento da produção. O Vereador quer uma reunião com o representante do DERACRE e com o representante do Programa Luz Para Todos para saber da continuidade dos trabalhos. Marlindo chamou a atenção para um problema que vai surgir referente a quem comprou terrenos nas consideradas áreas de risco. Falou de um pronunciamento do Senador Fernando Collor de Melo sobre os trabalhadores do país que estão sofrendo com essa crise, onde acenou como única saída sendo o corte de custos, começando por ministérios e até senadores.

Finalizou reclamando da maneira que se varre a rua na cidade hoje em dia, um problema que não avança e faz com que as pessoas sofram com a poeirada quando estão comendo, inclusive reclamando que a vigilância sanitária não cuida desse assunto. Pensa que os turistas falam quando voltam para suas origens.

O Vereador Valdor do Ó é a favor que as indenizações referentes a terrenos sejam pagos corrigidos. Afirmou que o DERACRE está quebrado e com a agravante que suas máquinas estão sendo sucateadas. O Vereador Valdor do Ó reclamou do excesso de máquinas alugada para a prefeitura, ao passo que poderia se fazer convênios para as mesmas serem de propriedade da Prefeitura Municipal. Pediu mais fiscalização para essas empresas que ganham licitações para a recuperação de ruas porque fazem um serviço mal feito e depois vão embora e a população tem que ficar cobrando da Prefeitura.

A Vereadora Janaína Furtado falou de sua preocupação pela falta de um fisioterapeuta onde trouxe alguns dados. Só de idosos são 70 o número dos que estão necessitando dos serviços deste tipo de profissional, além de 50 deficientes.  Existe um profissional que está atendendo a essas necessidades no hospital, mas não atende a demanda. Chamou a atenção também para a falta de acessibilidade para os idosos quando os mesmos se dirigem as unidades básicas de saúde no município, por isso disse que vai levantar essa bandeira e conta com a colaboração dos colegas Vereadores.

O Vereador João Moreira tornou a falar da reforma política onde os empresários não vão poder mais ‘patrocinar’ as campanhas. Para ele quem manda no político é o empresário que o ajudou durante a campanha e ainda complementa que isso pode ser visto aqui em Tarauacá. Reclamou novamente dos buracos das ruas e lembrando que fez um pedido para que se pavimentasse novamente a rua conhecida como porto do Rames para dar mais trafegabilidade para aqueles moradores.

O Vereador Nasso Kaxinawá foi fazer uma visita ao abrigo onde ficam as crianças que necessitam de apoio e diz não entender como uma mãe tem coragem de abandonar o seu filho.

Depois, foi ao IFAC uma obra que já está em um nível bem adiantado e ficou feliz por saber que tarauacaense vão se formar sem precisar sair do município.

Dando continuidade as suas visitas o Vereador Nasso foi a Creche do bairro do Triângulo que também está em estado bem avançado e quase terminada, além da escola do bairro do Triângulo. Sobre a reabertura dos ramais espera uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o DERACRE para que não se perca tempo para tirar o máximo proveito da estiagem.

A Vereadora Maria José também mostrou-se preocupada com a falta de um fisioterapeuta no município, ainda em 2011 quando era Vereadora fez esse mesmo pedido ao Prefeito Vando Torquato. Pediu que os Vereadores fizessem uma reunião com o Secretário de Saúde porque as reclamações em relação a saúde no município é muito grande. Uma dessas reclamações diz respeito às pessoas conseguirem uma receita azul que demora até dois dias para conseguir. Quando dirigia o posto Maria da Luz havia uma funcionária preparada para resolver esse tipo de problema.

O Vereador Sidenir disse que as preocupações dos colegas são justas, sobre concursos, parabenizou o Prefeito por ter convocado todos que passaram no concurso da Educação. Sobre a reclamação de falta de máquinas próprias da prefeitura informou que a mesma é proprietária de 8 máquinas, são 3 caçambas; 2 retroescavadeiras, 1 motoniveladora; 1 pá carregadeira e 1 mini carregadeira . Pediu que quando se faça uma denúncia antes se verifique e obtenham provas para que o Vereador não fique sem credibilidade e vire um discurso vazio.

O Vereador Manoel Monteiro propõe que se fale sobre esse problema do sucateamento de máquinas na próxima reunião com o Prefeito, que tem ocorrido mensalmente. 
Falou da dificuldade de se encontrar um terreno para construção de casas, problema esse que atrapalha muito o desenvolvimento habitacional no município, mas que o Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno não está medindo esforços para resolver esse problema.  

Assecom 
Compartilhar no Google Plus

Sobre Câmara de Tarauacá

Redatora do blog, Publicitária
    Comentário do Blogger
    Comentário do Facebook